quarta-feira, 28 de novembro de 2012

PARNA Montanhas do Tumucumaque divulga o resultado do Concurso de Criação e Seleção do Logotipo



O Parque Nacional Montanhas do Tumcumaque, divulgou nesta quarta-feira, 28 de novembro, o resultado do  Concurso de Criação e Seleção do Logotipo desta Unidade de Conservação. O objetivo do Concurso foi de envolver principalmente a população da região nesse processo, a fim de que seja estabelecida uma identidade entre o logotipo e a população.
A comissão julgadora considerou as propostas de forma abrangente os aspectos peculiares da Unidade de Conservação, para que, ao serem traduzidos graficamente, resultem numa marca objetiva, clara e concisa, capaz de ser reconhecida e identificada pela comunidade.
Comissão julgadora compostas por analistas ambientais, conselheira do Conselho Consultivo Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque e  um técnico em artes visuais. 

Participaram do concurso pessoas físicas (brasileiros natos ou naturalizados) residentes no Brasil. Os participantes inscreverão somente um trabalho, obedecendo sempre às disposições contidas no Edital.
As inscrições foram gratuitas e foram efetuadas no período entre 15 de outubro à 01 de Novembro de 2012. Foram critérios específicos para o julgamento dos projetos pela Comissão Julgadora: criatividade; originalidade; comunicação; simplicidade; aplicabilidade; design; harmonia de composição e relação com a missão, a visão e os princípios do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque. As propostas do logotipo deveriam ter, obrigatoriamente, o seguinte elemento: jupará (Potus flavus).
O 3ª lugar do Concurso foi o desenho do Paulo José da Silva Coutinho, residente em Macapá. A ideia foi criar referência de uma imagem simples, representando de forma abstrata e no fundo foi acrescentado traços que deram conceito de uma montanha. O prêmio para 3º lugar é um binóculos 7x35 mm.
O 2º lugar do Concurso foi para Francélio Parente Hardi, de Boa Vista, Roraima. O desenho procurou identificar, além da vasta floresta, o patriotismo que vive cada brasileiro. O texto com traços naturais retratam a simplicidade, a brasilidade e a naturalidade que está nas raízes do povo da região. O prêmio para o 2º lugar foi uma Bicicleta aro 26, 21 marchas Caloi;  

E quem ficou em 1º lugar foi Caio Betto Corrêa Almeida. As cores de seu desenho fazem referência a natureza. Também foram usada para essa ilustração uma montanha. O galho de árvore é o elemento que representa a floresta. A tipologia ajuda a mostrar para o expectador a seriedade da instituição.  O prêmio para o 1º lugar é uma Câmera Digital Sony 14 Mpixel.

De acordo com o o item 36, o Instituto Chico Mendes será o único titular dos direitos autorais patrimoniais da logomarca vencedora, bem como poderá promover alterações e ajustes em seu desenho para adequá-la às necessidades da Instituição e do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, inclusive podendo utilizar concepções dos outros trabalhos também premiados. Para tanto, todos os participantes premiados assinarão um termo de doação de seus trabalhos.
Para a realização deste concurso o Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque tem o apoio da organização não governamental, WWF Brasil.

9 comentários:

Vitor disse...

Não era obrigatório PNMT na peça?

Anônimo disse...

Segundo o Edital a sigla "PNMT" era obrigação na peça e a vencedora não possui essa obrigação, porque o desrespeito do edital e dos outros concorrentes?

DIREITO 2010 disse...

Olha, sinceramente, a gente se determina a participar de um concurso desses achando que está lidando com uma instituição séria e no final nos deparamos com um erro absurdo desses! A proposta vencedora desrespeita claramente a norma do edital....faltou a sigla PNMT!

DIREITO 2010 disse...

Eu vou aguardar uma posição retificadora da instituição, caso contrário irei recorrer nas vias judiciais, pois isso é um desrespeito.

Anônimo disse...

Apesar do erro grotesco da Instituição em não obedecer as normas do edital...os trabalhos ficaram bem legais.

Caio Betto disse...

Se leram o inicio do edital, devem ter lido também o final onde diz:
"36. O Instituto Chico Mendes será o único titular dos direitos autorais patrimoniais da logomarca vencedora, bem como poderá promover alterações e ajustes em seu desenho para adequá-la às necessidades da Instituição e do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, inclusive podendo utilizar concepções dos outros trabalhos também premiados."

...Sem mais!

Alessandra Lameira disse...

III – As propostas da logomarca devem ser encaminhadas em duas vias

impressas do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, policromática (colorida),

impressa ou desenhada à mão em uma folha de papel A4, com dimensões mínimas

de 15 x 15 cm e dimensões máximas de 20 x 20 cm, em qualquer formato poligonal e

tendo, no mínimo, OBRIGATORIAMENTE, o seguinte elemento: jupará (Potus flavus). Mas a sigla não era Obrigatória.

Elisama disse...

"Entende-se como logotipo, a representação através de um desenho figurativo ou abstrato, acompanhado pela sigla PNMT, que significa Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque."

Até aqui tudo bem. Mas acompanhe meu raciocínio.

Se, segundo o edital, logotipo é a representação através de um desenho figurativo ou abstrato, acompanhado pela sigla PNMT, fico tecnicamente confusa quando vc diz:


" tendo, no mínimo, OBRIGATORIAMENTE, o seguinte elemento: jupará (Potus flavus). Mas a sigla não era Obrigatória"


Só o desenho do Jupará, sem sigla, pode ser logotipo?

Como assim "a sigla não era Obrigatória"?

Me ajuda aí, produção.

Vale ressaltar que PNMT é a sigla.
E a sigla é um tipo de abreviação utilizada para reduzir algumas palavras. Abreviação.


Olha, o logotipo escolhido (sem sigla, mas com significado) é lindão! Mas esse edital...sei não.

Anônimo disse...

Outro:

"36. O Instituto Chico Mendes será o único titular dos direitos autorais
patrimoniais da logomarca vencedora, bem como poderá promover alterações
e ajustes em seu desenho para adequá-la às necessidades da Instituição
e do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, inclusive podendo utilizar
concepções dos outros trabalhos também premiados."

...Sem mais,


Estaria certo se a logomarca vencedora estivesse com sigla,
e o instituto o ajustasse colocando o nome completo, a palavra.
E não a logomarca vencedora conter o nome, e a instituição
optar em usar a sigla. Entende?